Buscar
  • Fernanda Oliveira

Hérnia de disco - o que você precisa saber

Atualizado: 10 de Ago de 2020

Você sabe o que é Hérnia de disco?

Você pode já ter ouvido falar em hérnia de disco, sabe que tem relação com a coluna vertebral, mas não sabe exatamente o que é e nem porque ocorre.



Neste texto você irá saber

  • O que é hérnia de disco;

  • Quais são os tipos de Hérnia de disco;

  • Quais são os sintomas;

  • Quais são as causas;

  • Quais os tratamentos para Hérnia de disco;

  • Quais as consequências de não tratar;

  • Mitos sobre Hérnia de disco.

O que é Hérnia de disco

É uma lesão que acomete a coluna gerando dores, dificuldade de realizar os movimentos, dormência ou formigamento e até diminuição da força de braços ou pernas.

A coluna possui vértebras, nervos e ligamentos. Entre as vértebras há uma estrutura gelatinosa (chamada de disco intervertebral).

A Hérnia de disco ocorre quando duas vértebras comprimem o disco, empurrando-o para fora.

As Hérnias de disco podem ser no pescoço (região cervical) ou nas costas (região lombar).


Os tipos de Hérnia de disco

Há 3 tipos de Hérnia que são do mais leve até o mais grave:

Protrusas: quando há a distensão (estiramento) do disco de cartilagem, sem rompimentos.

Extrusas: ocorre quando há o rompimento do disco de cartilagem.

Sequestradas: acontece quando o núcleo ou o líquido do disco de cartilagem migra para dentro do canal medular, sempre de cima para baixo.

Sintomas de Hérnia de disco

A Hérnia de disco apresenta alguns sintomas de acordo com a sua localização.

Quando a hérnia é cervical (pescoço) pode ocorrer:

  • Dores na região do pescoço e até mesmo em um ou ambos os ombros, cotovelos ou mãos.

  • Dormência ou formigamento nos braços podendo refletir até nas mãos.

  • Dificuldade de movimentar o pescoço, muitas vezes com dificuldades para dirigir, olhar para o lado.

  • Falta de força nos braços com dificuldade de carregar objetos pesados ou até mesmo um copo.

Quando a Hérnia é lombar (nas costas) pode ocorrer:

  • Dores na região das pernas, quadril, joelhos ou pés.

  • Dormência ou formigamento nas pernas podendo refletir até os pés.

  • Dificuldade de movimentar a coluna, muitas vezes com dificuldade de movimentar somente a coluna movendo o corpo todo.

  • Falta de força nas pernas com dificuldades ao andar, manter em pé, subir e descer escadas.

Cada paciente apresenta um ou vários dos sintomas variando de pessoa para pessoa.

Causas de Hérnia de disco

As causas são variadas, são elas:

  • Idade: Com o tempo ocorre desgaste nas vértebras por ser um processo de envelhecimento.

  • Movimento repetitivo: Quando realizado inadequadamente ou por desequilíbrio muscular gerando uma sobrecarga em um local que não está preparado adequadamente dando origem a hérnia de disco.

  • Carregar peso em excesso e de forma inadequada: sobrecarregando a coluna, principalmente se não houver força e resistência muscular, utilizando outras partes do corpo para suprir a falta de força de determinada região.

  • Em casos raros, por acidente: ocasionando a compressão da coluna podendo causar rompimento.

  • Obesidade: o excesso de peso pode sobrecarregar os discos e ocasionar uma compressão aumentada prejudicando a coluna.

Tratamentos para Hérnia de disco

Raramente, os casos são cirúrgicos.

95% dos casos de hérnia de disco não precisam de cirurgia e podem ser tratadas com tratamentos não invasivos como fisioterapia e prática de atividade física.

O método RPG (Reeducação Postural Global) tem tido grande sucesso no tratamento da Hérnia de disco, que consiste em melhora da postura, alongamento muscular, equilíbrio. Outras técnicas da fisioterapia complementam o tratamento.

É importante seguir as orientações do Fisioterapeuta para o melhor resultado.

Prática de atividade orientada de forma adequada, e trabalhando os músculos corretos é importante para a melhor evolução e assim seguir uma vida ativa.

E se não tratar

A não realização de um tratamento fisioterapêutico acarretará em algumas consequências como:

  • Aumento dos sintomas e dores: Muitas vezes não conseguindo realizar atividades do dia-a-dia como levantar da cama, varrer, dirigir, permanecer sentado na cadeira ou sofá, digitar no computador, andar. Além de atividades de lazer como caminhar, viajar, dentre outras.

  • Dificuldade para dormir devido as limitações e dores. Não encontrando uma posição para dormir que não cause incômodo.

  • Mesmo que os sintomas não limitem muito os movimentos, se não fizer um tratamento fisioterapêutico, com o tempo a coluna sofrerá cada vez mais sobrecarga, piorando o quadro.

Mitos sobre Hérnia de disco

  • Tenho Hérnia de disco por isso devo evitar atividades físicas.

Quem possui uma ou mais hérnias de disco pode fazer qualquer atividade física, com orientação profissional.

  • Descobri que tenho Hérnia de disco, acho que devo fazer cirurgia.

95% dos casos não são cirurgicos. Podem ser tratrados com fisioterapia e atividade física orientada.

  • Tenho Hérnia de disco, usar cinta é a solução.

O uso de cinta causa a impressão de ter melhorado o quadro, por limitar o movimento da coluna. Mas na verdade pode ocorrer atrofia da musculatura por não estar sendo trabalhada.

  • Meu caso é grave, pois tenho muitas Hérnias de disco.

O que torna um caso mais ou menos grave é o tipo de hérnia, localização, limitações e sintomas e não necessariamente a quantidade.

  • Não tinha nada e de repente surgiu esta Hérnia de disco.

A hérnia é resultado de um processo. Não surge de um dia para o outro. O que ocorre é que antes não havia sintomas.

  • Dependendo do movimento, a Hérnia de disco pode sair do lugar.

Isto não acontece. A dor limita os movimentos, mas não quer dizer que o movimento piora a Hérnia.

O mais importante é procurar um profissional para avaliação e tratamento adequados.

Sou fisioterapeuta com 7 anos de experiência no atendimento de fisioterapia ortopédica e problemas da coluna. Faço atendimentos individuais em meu consultório em Belo Horizonte.


Conheça mais sobre meu trabalho.


SITE


ME SIGA NO INSTAGRAM



#RPGparaherniadedisco

110 visualizações