Dor Lombar e Cervical

A dor nas costas afeta 540 milhões de pessoas no mundo todo e é a grande causa de afastamento do trabalho.

No Brasil, cerca de 26 milhões de pessoas sofrem principalmente de lombalgia que é a dor na parte de baixo das costas.

Dores no pescoço muitas vezes estão relacionadas a coluna.

Problemas na coluna cervical, podem provocar além de dor no pescoço (cervicalgia), vários outros sintomas tais como, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, dor de ouvido, dor no crânio, rigidez muscular, tensão muscular, dor no ombro, dor no peito, adormecimento dos braços.
 

Problemas na Coluna lombar além de dor na região lombar (lombalgia), podem provocar dor nas pernas, dor ciática que erradia pelas pernas até os pés.

  • Excesso de esforço físico com sobrecarga na coluna: levantar muito peso, movimento brusco, excesso de atividade física;

  • Sedentarismo (falta de atividade física regular), com a consequente fraqueza e encurtamento muscular;

  • Lesões decorrentes da prática do esporte;

  • Estiramento muscular ou ligamentar no quadril ou glúteos que pode refletir na coluna devido a compensações causadas pela dor;

  • Traumas: acidentes, quedas;

  • Fraturas ocorridas nas vértebras;

  • Hérnia de disco. Uma compressão dos discos intervertebrais que pode ocorrer em qualquer idade;

  • Osteoartrose. Desgaste dos discos da coluna, observada principalmente em idosos;

  • Desvios posturais. Uma curvatura acentuada da coluna pode forçar uma compensação, que acaba gerando dor;

  • Obesidade. O excesso de peso sobrecarrega os músculos e articulações, bem as vértebras;

  • Estresse. Quando estressados, tendemos a contrair involuntariamente os músculos, causando pontos de tensão ou trigger points;

  • Compressão da raiz nervosa.

  • Disfunção da ATM  (articulação têmpora mandibular) – responsável pelo movimento da boca – mastigação, fala etc.

 

Segundo pesquisas publicadas recentemente no “The Lancet”, pessoas no mundo todo estão recebendo tratamento errado, por meio de medicamentos, injeções, cirurgias, além do excesso de exames de imagem realizados.

 

O tratamento inadequado além de não resolver o problema, pode ser prejudicial por causar uma falsa ilusão de melhora.

 

A verdadeira causa do problema não é tratada e tende a piorar ao longo do tempo, causando desânimo e gastos desnecessários ao paciente.

 

Recomendações mais recentes demostram que um tratamento fisioterápico adequado, além de se manter ativo, são bem eficazes.

O repouso mesmo parecendo ser algo positivo, não é, pelo fato de que o corpo foi feito para movimentar.

 

Falta de atividade física pode causar encurtamentos, atrofia, limitação do movimento e deformidades.

 O RPG (Reeducação Postural Global), método que utilizo, trabalha a melhora da postura, alivio de dores e tensões musculares e consciência corporal

Utilizo também outros métodos e técnicas de fisioterapia ortopédica, como terapia manual,

liberação miofascial, exercícios de ganho de movimento, força muscular e ganho do equilíbrio aliados ao RPG dentro da necessidade de cada pessoa.

Causas

Tratamento

Os atendimentos são realizados no consultório localizado a Rua Matias Cardoso 63 sala 1401 - Bairro Santo Agostinho -BH

  • Facebook Social Icon
  • Instagram

Rua Matias Cardoso, 63 sala 1401

Santo Agostinho- BH -  MG